O cemitério de raparigas

62834

"O Cemitério de Raparigas" é triste e divertido, afectuoso e cruel, amargo e solitário, como o é o quotidiano dos dias que submergem um homem só, a quem a mulher matou todas as namoradas. Se ainda há quem não perceba como Miguel Esteves Cardoso vende tantas dezenas de milhares de livros, deve ler este para aplacar os seus injustificáveis cepticismos.

 

 


CARDOSO, Miguel Esteves, 1955 - O cemitério de raparigas. Lisboa : Assírio & Alvim, D.L. 1996. 317, [2] p ; 21 cm. (A phala ; 11)
PT 104917/96
ISBN 972-37-0405-6 : Oferta