Cartas contra o firmamento

60066

Mas enfim, mudei por completo o meu método. Hás uns tempos pus-me a matutar numa poesia que só o inimigo pudesse entender. Ambos sabemos o que isso significa. Entretanto, e talvez tenha sido naquela noite de março em que vagueava para os lados de Piccadilly, a ver os incêndios, a minha perspetiva sobre a questão mudou.

Continuar...
 
Um homem sem pátria

59895

Olhar divertido, direto e acutilante de Kurt Vonnegut sobre a vida, a arte, a política e a alma. Memórias dispersas que se inspiram em exemplos como os de Mark Twain, Jesus Cristo, Abraham Lincoln e um notável médico chamado Ignaz Semmelweis.
Vonnegut dá voz ao seu entusiasmo por manifestações humanas tão diversas como os blues ou o empenho desinteressado dos bibliotecários.

Continuar...
 
Minima Azorica

60645

Os Açores sempre presentes na escrita ensaística de Onésimo Teotónio Almeida, emergindo de modo constante e teimoso como a vegetação que brota dos interstícios de tudo na ilha. Uma recolha de textos dos últimos vinte e cinco anos na sequência de Açores, Açorianos, Açorianidade prolongando reflexões e abrindo espaço para outras.

Continuar...
 
Levante-Se o Réu outra vez

59865

Ao longo de 20 anos, Rui Cardoso Martins assistiu a mais de 700 casos de justiça em sessões públicas de tribunal. Depois, fixou-os num registo literário de efeitos ora cómicos, ora comoventes, sempre com uma capacidade notável para captar com empatia a justiça e a injustiça, o chocante e o caricato.

Continuar...
 
O cemitério de Praga

53008

Durante o século XIX, entre Turim, Palermo e Paris, encontramos uma satanista histérica, um abade que morre duas vezes, alguns cadáveres num esgoto parisiense, um garibaldino que se chamava Ippolito Nievo, desparecido no mar nas proximidades de Stromboli, o falso bordereau de Dreyfus para a embaixada alemã, a disseminação gradual daquela falsificação conhecida como Os Protocolos dos Sábios de Sião...

Continuar...
 


Pág. 1 de 4