Minha Terra Alta de Azul e Neve
Ladislau Patrício IV - O Sanatório PDF Versão para impressão

15655

Sobranceiro aos vales e aos montes que formam a vasta cordilheira dos Hermínios, dali se desfrutam até muitas léguas em redor, as mais formidáveis cenas da natureza: dias de sol ofuscante; manhãs de límpido cristal; noites argênteas de luar álgido em Janeiro, ou de cariciosa frescura em Agosto; cavas espessuras de treva densa nas profundas noites sem lua, com o firmamento constelado de estrelas ou toldado de nuvens caliginosas; o sublime quadro dos nevoeiros subjacentes que repousam nos abismos vertiginosos; o sudário deslumbrante da neve que amortalha os cumes e as ravinas; e o assombroso espetáculo das trovoadas trágicas e dos desgrenhados vendavais, na sua estranha e alucinante beleza!...

Continuar...
 
Pinharanda Gomes II PDF Versão para impressão

13855

Um compêndio de filosofia positiva

Em 1890 já havia duas Guardas. Elas tinham-se esboçado e construído desde os remotos anos de 1860, quando a febre da imprensa invadiu o distrito e, sobretudo, a capital diocesana, onde, num determinado momento se iniciou (1904) a publicação do semanário A Guarda (que tirava edições com títulos diferentes para Braga, Bragança, Santarém, Lisboa, Barcelos, Castelo Branco) e da qual Afonso Costa dizia que a República não ficaria consolidada enquanto A Guarda não fosse calada.

Continuar...
 
Pinharanda Gomes PDF Versão para impressão

13855

É TEMPO DE A GUARDA SABER QUEM TEM.
Nos escaparates dos livreiros apareceu o volume intitulado "O Escritor na Cidade" (Verbo, col. Presença, 1986) assinado por João Bigotte Chorão. Importa que a Guarda, sua terra natal, o identifique e o estime com o valor do seu património espiritual. Filho de uma das melhores famílias de Riba-Côa, João Bigotte Chorão nasceu nesta cidade serrana em 1933, irmão de um conhecido e prestigiado autor do nosso pensamento jurídico, Mário Bigotte Chorão.

Continuar...
 
João Palma-Ferreira PDF Versão para impressão

(...)13001 WEB

São muitos os historiadores da Sé Catedral da Guarda. Entre os que mais contribuíram para a elucidação dos principais aspetos e singularidades da sua longa vida, contam-se Adriano Vasco Rodrigues, B. Pina da Fonseca, Armando de Lucena, Virgílio Afonso e Pinharanda Gomes, sem esquecer os críticos e comentadores de João de Ruão como autor do celebérrimo retábulo em pedra de Ançã, e que é a obra-prima da catedral.

Continuar...
 
São João na Guarda: Feira e Festa PDF Versão para impressão

13994

(...)
Segundo Gama Barros, a Feira de S. João da Guarda foi criada por carta régia, em 25 de Março de 1255, por D. Afonso III. Antes dela, na Beira, só em Vila Mendo, no reinado de D. Sancho II, em 1229, existiam feiras anuais – "feyre generale" – e três vezes por ano, pela Páscoa, pelo S. João e pelo S. Miguel. Por esta razão, Virgínia Rau defende que muitas feiras que se seguem, são do mesmo tipo das de Vila Mendo. O caso da Guarda é exemplo.
A Feira de S. João da Guarda é das mais antigas da nossa região.

Continuar...