PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Escola Básica do 1º Ciclo Adães Bermudes


Bermudes

 

Caracterização da escola


A escola do 1º CEB Adães Bermudes situa-se no centro da cidade da Guarda. É a escola mais antiga da cidade e pertence ao Agrupamento de Escolas da Área Urbana.
No ano de 1996/97, a escola foi sujeita a obras de remodelação, verificando-se a renovação e aproveitamento dos espaços existentes de forma a tornar a escola mais funcional e adequada à sua função específica.
A escola obedece ao tipo de construção Adães Bermudes, nome do arquitecto criador e data, possivelmente, de 1898 (?) 1906 (?). O traçado original do edifício foi mantido, continuando a existir quatro salas de aula.
Além destes espaços, a escola possui um salão polivalente utilizado para diversos fins nomeadamente, actividades desportivas, festas e reuniões da escola, recreio, entre outras, uma sala de professores, um gabinete para as auxiliares de acção educativa, um espaço de ateliê para desenvolvimento das actividades de expressão plástica e arrumação de material de desporto e um espaço recuperado (sótão) destinado à Biblioteca Escolar.



Biblioteca Escolar Manuel António Pina


A Biblioteca Escolar homenageia o escritor Manuel António Pina, nascido no Sabugal, em 1943.
Manuel António Pina licenciou-se em Direito na Universidade de Coimbra. Entre 1971 e 2001 foi jornalista do Jornal de Notícias, onde exerceu os cargos de editor e chefe de redacção. Colaborou com diversos outros meios de comunicação, sendo actualmente colunista da revista Visão.
Tem uma vasta obra literária que engloba poesia, ensaio, literatura infantil, ficção e peças de teatro, tendo já sido traduzido para diversas línguas. A diversidade de géneros desenvolvidos e o seu ecletismo são a evidência do domínio de Manuel António Pina sobre a escrita. Conhecido pelo seu tom reflexivo, filosófico e irónico, o autor é considerado uma das mais eminentes figuras da literatura portuguesa contemporânea.
Recebeu vários prémios, tanto nacionais como internacionais, nomeadamente o Prémio da Crítica pela Secção Portuguesa da Associação Internacional de Críticos Literários, em 2002, atribuído à globalidade da sua obra poética.

A Biblioteca foi integrada na RBE em 2005. É um espaço que tem uma área total de 53m², distribuídos pelas várias áreas: recepção/acolhimento, leitura informal e periódicos, leitura de documentos impressos, leitura de vídeo, leitura e produção multimédia e trabalho de grupo.
Está equipada com mobiliário apropriado ao espaço e aberta cinco dias por semana, dentro do seguinte horário:


 

 

Horário:
Manhã: 09h00m 12h30m
Tarde: 14h00m 17:30m