PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

altJoão de Almeida nasceu em Vila Garcia, concelho da Guarda e faleceu em Lisboa.
Formou-se em Matemática e Filosofia pela Universidade de Coimbra, tendo concluído os cursos do Estado Maior do Exército e da Escola de Engenharia Civil de Paris.
Foi um distinto general português, conhecido por Herói dos Dembos por ter pacificado este povo em Angola, em 1907, durante as Campanhas de África. Auxiliou também Alves Roçadas a pacificar a região de Huíla (1909) e é a ele que se deve a fixação da fronteira meridional de Angola, na época uma colónia portuguesa. Nesta colónia exerceu vários cargos políticos, entre os quais o de Governador da Zona Sul.
Em 1919, então coronel e comandante militar da região de Aveiro, envolveu-se na Monarquia do Norte ao lado de Paiva Couceiro. Teve ordem de prisão mas o comissário encarregado da sua detenção, Salvador do Nascimento, permitiu-lhe a fuga pois ele próprio tinha sido preso político durante a governação de João Franco por conspirar contra a monarquia.
João de Almeida ficou profundamente ligado à História de Portugal, particularmente à expansão ultramarina. A sua acção em Angola levou-o a defender e reforçar a soberania portuguesa, sempre em defesa do Império. Esta doutrina política é, aliás, o fio condutor de grande parte da sua obra.
A obra literária é extensa e polifacetada. Os temas retratados vão da Arqueologia à Geografia, passando pela Sociologia, Didáctica, temas regionais, História e Política, na que se destaca a colecção Ao Serviço do Império. Por este motivo é considerado um dos pensadores da portugalidade e impulsionador da doutrina da expansão ultramarina.
Foi dedicado ao país e em especial à Guarda, cidade sobre a qual deixou extensa obra bibliográfica.

 

Obras:

  • Guia do oficial de infantaria em campanha
  • Combate das grandes unidades
  • Carta itinerária de Angola
  • Roteiro dos monumentos de arquitectura militar do concelho da Guarda
  • A Guarda capital da Beira
  • O ressurgimento ultramarino: grandeza e romantismo duma geração
  • Nacionalismo e Estado Novo
  • Ocupação do Hevale e da Hinga, Uncuancua, Dombondolla, Unda e Balando em 1909
  • A educação do oficial e a formação do chefe
  • A cooperação dos nativos na expansão e na defesa do império
  • A ocupação portuguesa em África na época contemporânea
  • A população de Cabo Verde: extracto das Actas do I Congresso Nacional de Antropologia Colonial
  • O fundo atlante da raça portuguesa e a sua evolução histórica
  • Apenso a o fundo atlante da raça portuguesa e a sua evolução histórica
  • O espírito da raça portuguesa e a sua expansão além-mar
  • Alguns aspectos da defesa nacional
  • Visão do crente
  • A questão ibérica: Nós, os lusitanos
  • Marrocos: terra irridente de Portugal
  • Em prol do comum
  • O Estado Novo
  • Em proveito da terra e do império


Fonte:

  • GOMES, Jesué Pinharanda , 1939 - Dicionário de escritores do Distrito da Guarda. Guarda : Jesué Pinharanda Gomes, 1969. 124, [1] p : il ; 24 cm.
  • ROMANA, José Manuel Trigo Mota da - Antologia de escritores da Guarda : século XII a XX. Guarda: Câmara Municipal da Guarda, 2003. 406 p ; 25 cm PT 201436/03 ISBN 972-8813-16-3
 

Autores do fundo Local