Célio Rolinho Pires (1941 - 2015) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

CelioRPires

Célio Rolinho Pires nasceu em Pega, Guarda, onde frequentou a escola primária. Concluiu o 5º ano no Seminário dos Carvalhos e, de seguida, ingressou no Colégio de São José da Guarda. Após cumprir o serviço militar em Moçambique nos anos 60, frequentou a Escola do Magistério Primário na Guarda. Na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa concluiu o 3º ano, ao mesmo tempo que deu aulas no ensino primário.
Exerceu a carreira docente, a maior parte da qual na Escola EB 2,3 de Santa Clara, na Guarda, onde lecionou durante quase três décadas.
O contacto direto e vivencial com o mundo rural - os livros que publicou vão de encontro à história e à vivência das pessoas e dos lugares - terá sido fator determinante e decisivo de toda a sua produção histórico-literária.
Iniciou a publicação dos livros em 1995 com "Os cabeços das maias", espécie de teoria geral sobre a temática das Pedras que povoam os horizontes da região beirã. A sua obra também aborda a história e papel dos povos do Alto-Coa na definição da fronteira portuguesa com o reino de Leão e no alargamento e organização do território até ao Tejo.
Escreveu ainda registos monográficos sobre a terra natal, um livro de roteiros de âmbito quase nacional, sendo o culminar de todo um percurso de mais de vinte anos
à volta da simbologia das Pedras e respetiva interpretação.
Para além destes temas, publicou um livro de poesia - "O meu livro zero"-, o seu último livro, que reúne um conjunto de textos poéticos que, no geral, foram escritos antes das outras obras. Tal como as restantes publicações, trata-se de um livro editado pelo autor, um critério que impôs a si próprio desde o início.
É autor de textos publicados na imprensa regional, como "A Guarda", "Terras da Beira", "Interior" e "Cinco Quinas", entre outros.

 

Obras:

  • Os cabeços das maias
  • Rosas de Santa Maria
  • O país das pedras
  • Pêga: terras de panchurras
  • Pêga: terras de panchurras: o ciclo do pão I
  • Pêga: terras de panchurras: o ciclo do pão II
  • Por Terras de Aquém Cima-Coa : a Guarda no caminho do Estremo : forais e costumes (Guarda, Vila do Touro, Sortelha)
  • Na rota das pedras: em busca do país que somos
  • O meu livro zero

 

Artigos em revistas:

  • Apresentação do livro "O País das Pedras" no Paço da Cultura da Guarda : comunicação do autor In: Praça Velha : revista cultural da cidade da Guarda. - Ano IV, nº 10, 1ª série (Dezembro 2001)
  • O culto dos mortos In: Praça Velha : revista cultural da cidade da Guarda. - Ano IV, nº 11, 1ª série (Junho 2002)
  • Cultura e ruralidade (O fio da memória) Pêga : terra de Panchurras In: Praça Velha : revista cultural da cidade da Guarda. - Ano VI, nº 13, 1ª série (Junho 2003)
  • Moinhos de Portugal In: Praça Velha : revista cultural da cidade da Guarda. - Ano VII, nº 15, 1ª série (Maio 2004)
  • Por terras de Aquém Cima-Coa : a Guarda no caminho do estremo In: Praça Velha : revista cultural da cidade da Guarda. - Ano VIII, nº 17, 1ª série (Junho 2005)
  • Património e história : Cabeço das Fraguas : o Monte de Vénus In: Praça Velha : revista cultural da cidade da Guarda. - Ano XII, nº 26, 1ª série (Novembro 2009)
  • Património e história : o tirano da rua : cabeço de S. Cornélio In: Praça Velha : revista cultural da cidade da Guarda. - Ano XII, nº 27, 1ª série (Junho 2010)
  • Património e história : as pedras de escorregar In: Praça Velha : revista cultural da cidade da Guarda. - Ano XIII, nº 29, 1ª série (Junho 2011)
  • Homenagem ao professor Dr. José Pinto Peixoto In: Praça Velha : revista cultural da cidade da Guarda. - Ano XIV, nº 32, 1ª série (Dezembro 2012)

 

 


Fonte: