Helga Moreira (1950 – ) Versão para impressão

Helga

Helga Moreira nasceu em Quadrazais, concelho do Sabugal, no dia 29 de Abril de 1950, mas vive no Porto desde 1968.
Formada em Física pela Universidade do Porto, é uma poetisa com cerca de uma dezena de obras publicadas.
A sua poesia retrata o quotidiano, pode ter a forma de esboços ou apontamentos e tem um discurso lírico moderado por referências objetivas.
O primeiro livro, "Cantos do silêncio", foi publicado em 1978, seguindo-se a edição, mais ou menos regular, das restantes obras. O livro "Tumulto", publicado em 2003, marca uma mudança na sua poesia, afirmando as marcas identitárias.
Para além da edição de livros da sua autoria, colaborou em publicações avulsas, revistas e antologias como no volume "Vozes e Olhares no Feminino", organizado por Isabel Pires de Lima.
A obra está também traduzida para a língua inglesa no volume "Poem-ando Além-fronteiras: dez poetas contemporâneas irlandesas e portuguesas" = " Poem-ing Beyond Border: ten contemporary Irish and Portuguese women poets", organizado e traduzido por Gisele Wolkoff.

 

Obras:

  • Cantos do silêncio
  • Fogo suspenso
  • Quem não vier do sul
  • Aromas
  • Os dias todos assim
  • Um fio de noite
  • Desrazões
  • Tumulto
  • Agora que falamos de morrer

 

 


Fonte: